MORA-Therapie | Terapia sem efeitos secundários nocivos
Cabeçalho | Sitemap | Bookmark

O que é a Terapia-MORA?

O que é não o tratamento MORA?

O dispositivo

Terapia sem efeitos secundários nocivos

Resumo

Terapia sem efeitos secundários nocivos

Muitos pacientes sentem uma melhoria imediata após o primeiro tratamento. Mas é bem possível que, no início, o corpo tenha primeiro que eliminar a sobrecarga tóxica libertada pela terapia.

Estes depósitos prejudiciais devem ser removidos o mais rápido possível. A libertação destas toxinas pode causar reações iniciais transitórias, como é frequentemente observado em tratamento homeopático. Isso não significa que o tratamento não seja o adequado e não há motivo para preocupação. É apenas uma fase de transição durante a desintoxicação. Este efeito pode ser minimizado ingerindo grande quantidade de água pura, com baixo conteúdo mineral nos dias seguintes. A desintoxicação através da pele (duches diários com lavagem vigorosa da pele e sauna), bem como por via intestinal, são importantes! Em casos raros devem ser prescritas medidas de desintoxicação adicionais.

O número de sessões de terapia necessárias é determinado pelo terapeuta. Em muitos casos agudos basta uma única sessão para iniciar o processo de auto-cura, tal como na inflamação aguda, infecção, dor e envenenamento (em sentido mais lato). Em casos mais graves ou doenças crónicas múltiplos tratamentos são geralmente necessários.

Basicamente, todas as doenças podem ser tratadas com a Terapia MORA, exceto em casos de destruição ireversível. Conseguem-se os melhores resultados terapêuticos em alergias, intolerâncias alimentares, produtos tóxicos e próteses dentárias, doenças cardiovasculares, dor aguda e crónica, inflamações, tratamento pré e pós-operatório, desordens metabólicas e doenças psicossomáticas. No que respeita a problemas dentários, o equipamento MORA permite um teste individual, para se conhecerem quais os materiais dentários adequados. Permite igualmente determinar todos os materiais dentários incompatíveis. A terapia Mora tem-se mostrado muito eficaz na remoção de amálgama. No entanto os problemas dentários, devem-se muitas vezes a inflamações crónicas de órgãos internos.

Também proporciona alívio de queixas sintomáticas em doenças com um estado avançado de deficiência física. Não são conhecidos quaisquer danos causados pela terapia Mora.